quarta-feira, 30 de março de 2011

Life is...

Tanto a dizer sobres as criancinhas...
Os bebés são engraçados. Ponto.
Saltando a parte do inicio da vida dela que convenhamos apesar de fascinante.... é chato, (fraldas, leites, banhos, chupetas, leite novamente, fraldas e voltamos às chupetas....) o melhor da minha discípula vem ao de cima por volta dos 18 meses.
Fala, mas fala TUDO! Repete e é curiosa em relação a tudo e por vezes assusta-me ao dizer que o pai tem um "papi" como ela, ao que eu ainda não perdi a esperança de a ver tentar fazer xixi de pé!
Sobe, trepa e salta todos os obstáculos e cuidado Obikwelu, que quando de trata de correr para fugir das palmadas ou quando cheira a comer, a Matilde bata-te aos pontos! Quando por azar, cai, solta um sonoro "Porra" para quem quiser ouvir"
Descarada e atrevida, não ficando alheia a rapazes giros, e derretendo-se toda para velhotes simpáticos e se tiverem comer para lhe dar, tanto melhor!
Teimosa ao ponto de tentar subir uma cadeira, alguém a ajudar e ela volta a descer só para ser ela a subir sozinha,(confesso que admiro secretamente esta determinação na minha pimpolha)
Como digo muitas vezes, com ela temos sempre duas maneiras de fazer as coisas! Ou é como ela quer, ou é como ela manda, basta escolher!
Na escola, é conhecida por trepadeira ou alpinista, isto porque sobre armários, abre gavetas para subir de uma para outra, sobre o sofá pela frente e desce pelas costas, e muitas outras coisas que me provocam arritmias.
Adormece sozinha, ritual que efectua diariamente por volta das 21h e a última oração não é ao menino Jesus, é sim, a mim! "Mãe...mamã...a peta? mãeeeeeee? mãe? a túta?" Isto é repetido várias vezes até chegar finalmente o render da guarda e ir lá dar-lhe a chupeta(túta/peta). À saída sou brindada com o "tátáu mãe, adótí " que ao contrário do que os mais distraídos possam pensar, não quer dizer "xau xau mãe, adoro-te" mas sim, "Ganhei! Viste como levantas-te o rabo do sofá e cá viste? hasta!"
Ser mãe é basicamente isto! mas nem tudo é mau! a vingança serve-se fria e um dos meus passatempos é filmar as figuras tristes que ela faz ( ainda me vão render uns valentes euros quando ela começar a namorar).
Ontem por exemplo, queria ser ela a abrir a porta da rua com a chave! Ora eu queria entrar em casa antes de atingir a idade da reforma portanto, tirei-lhe a chave! Segue-se o amuo, o atirar-se para o chão de joelhos, as trombas e finalmente, o tão esperado choro. Entrei em casa e ela continuou na escada aos gritos, a mostrar à senhora do 3ºE como grita uma dama, e eu encostei a porta. Do lado de fora ela calou-se e eu de dentro comecei "ai que giro! Que brinquedo lindo!" Se queriam ver o desgosto da bicha quando ao entrar a correr pela porta dentro viu que foi enganada... impagável! Ela já devia ter aprendido que pode ser tudo com ela quer, mas quem manda cá em casa é o pai! E quem manda nele... Sou Eu!

Muito mais giro ser mãe que ser filha! Deixamos de ser o bobo da corte e temos carta branca para torturar as criancinhas, afinal são nossas! Quero ver quem é que me vem dizer que não lhe posso por 3 totós na cabeça e vesti-la como se fosse dançar o tango para ir para a escola!
Tenho de me precaver... quem sabe se no meu 90º aniversário ela faz um compilação dos meus melhores momentos...bebêda e presenteia a plateia de 100 convidados do CCB com o dvd...
Pelo sim, pelo não... vou armazenado estas relíquias..

8 comentários:

carmo pinto disse...

olá minha querida
gostei de te ler por estas bandas...
um bj com muitas saudades
;)

Maria disse...

Gostei de saber as novidades da bonita Matilde!

:)

Carina M disse...

Adorei o relato, sem dúvida a mais pura das realidades.
Volta mais vezes.
Bjs

Kitty disse...

Demais a miuda...
Beijinhos

Liana disse...

UAU

Patricia disse...

Boa Páscoa =)

bjs

Cláudia disse...

LOLLLLLLLLLLLLLLLLL

Ai... é filha da mãe como a minha e basta!!!
beijos gigantes querida

Luna disse...

mesmo gaja, sei bem que falas tenho belo exemplo em casa, eu ainda queixava do irmão, a moça consegue ser pior do ele. teimosa quando lembra dizer é meu, pronto.
gostei de te reler; volta tá
bjos
Luna